Terapia de Casal – Abordagem Sistêmica

A terapia de casal é um processo transformativo que possibilita a cada cônjuge se reconhecer na relação a dois, obtendo um grau mais elevado de consciência de si próprio, suas ações ou omissões, não ficando preso apenas às “faltas” do outro.

Uma das grandes questões que envolvem os conflitos conjugais é a comunicação. O terapeuta propõe reflexões para que os cônjuges percebam a maneira como se comunicam, se conseguem falar ao outro o que realmente querem dizer e se há escuta recíproca.

É comum ouvir o que queremos e ignorar informações que entram em conflito com o que acreditamos.

“O que eu falo é meu e o que você escuta é seu”, diz sabiamente Humberto Maturana, grande conhecedor das relações humanas.

Os recém-casados, por exemplo, que vêm de famílias de origem distintas e, portanto, trazem consigo valores e formas diferentes de lidar com as situações, costumam passar por um período de adaptação nesse início de matrimônio.

Para os casados há mais tempo, com ou sem filhos, a rotina pode ser uma armadilha e a acomodação outra. Alguns indivíduos negam a si mesmos a favor da relação conjugal, o que muitas vezes acarreta um descontentamento no futuro.

Há desafios em todas as fases do casamento. Os casais vivem um paradoxo existencial – como equilibrar a necessidade de apego com a necessidade de autonomia.